SARAH.jpg

magia ascensional

Quando se fala em magia, muitas pessoas tendem a uma ideia ou conceito galgado em informações errôneas e irreais a respeito dessa palavra e sua pratica ao longo dos tempos.

 

A magia já foi utilizada de forma muito nociva e ao mesmo tempo também descrita ou mascarada como uma prática obscura e maléfica.

 

Vamos buscar compreender o que significa magia num sentido mais amplo e holístico para que possamos compreender o que realmente ela significa e a que se destina.

 

A palavra “magia”  tem sua origem etimológica na língua persa; deriva de magush, que significa conselheiro e sábio e também de magus e magi, que significa tanto imagem como sábio.

No latim magia e no grego μαγεία, na grande maioria dos idiomas a palavra contém a raiz magh que significa "ser capaz" ou "ter poder".

Magia era antigamente rotulada como a “grande ciência sagrada” e geralmente é vista ou tida como um acontecimento sobrenatural.

 

Mas na realidade, magia é a ciência que estuda os aspectos latentes do homem e da natureza e a relação entre os mesmos, buscando o desenvolvimento integral das faculdades internas, espirituais e ocultas do indivíduo.

Dessa forma, traz o aspecto de encarar e viver a vida sob um aspecto mais elevado e espiritual, utilizando-se de atividades consideradas “místicas”, de estudo e autoconhecimento, buscando alcançar a sabedoria e a elevação das potencialidades do ser humano.

 

A magia também pode ser descrita como a ciência de empatia e similaridade mútua; a ciência da comunicação direta com as forças naturais; e o conhecimento prático dos poderes existentes na natureza.

A prática da magia é baseada na interação com todas as formas de vida, natureza, macro e micro cosmos. Através dessa interação apurada torna-se possível direcionar e influenciar o curso dos acontecimentos e produzir efeitos desejados.

 

Por isso a prática da magia deve ter um objetivo e conteúdo que visa o desenvolvimento positivo do ser.

 

A prática da magia é de origem muito antiga, sendo encontrada em todo o mundo e pode ser usada para propósitos construtivos assim como destrutivos.

A energia pura é uma força neutra que em si não é boa nem má. A direção positiva ou negativa é determinada pelo praticante e pelo objetivo da magia que esta sendo realizada.

 

Existem vários tipos, formas e até mesmo linhagens e escolas de magia e a mais ampla e benéfica pode ser considerada a MAGIA ASCENSIONAL.

 

A magia ascensional tem o objetivo e conteúdo focado na ascensão, que visa o desenvolvimento e evolução do ser, sua interação com a natureza da Terra e do Cosmos e a busca de elevação ao melhor que cada um pode ser nesse momento.

 

A prática da magia ascensional está ligada ao fortalecimento e nutrição do individuo através das forças presentes na Mãe Terra, e trabalha através da troca de energia e respeito à natureza e a todas as formas de vida da criação.

 

Através da magia ascensional é possível ativar e potencializar habilidades e características naturais do ser humano, que em unidade com energias e itens específicos da natureza, podem co criar realidades.

 

A magia ascensional tem características ritualísticas e cerimoniais que visam entrar em contato com os aspectos do universo, da natureza, da criação e de suas manifestações.

 

Os objetos ritualísticos são muito importantes, pois são externalizaçoes de habilidades e atributos que temos dentro de nós mesmos, e através do uso desses instrumentos podemos fortalecer e intensificar essas qualidades, habilidades e atributos.

 

Os objetos ritualísticos são representações de forças internas, visando potencializa-las e externalizá-las.

 

Os movimentos ritualísticos visam conectar com forças internas e externas, por exemplo pode-se fazer um movimento de elevar os braços para buscar uma conexão com energias superiores, ou puxar a energia do sol para dentro de si, ao mesmo tempo que um movimento em espiral conecta com o movimento natural dos átomos e da formação do universo, ajudando a expandir o campo energético do praticante.

 

A prática da magia ascensional requer o aprendizado e combinação de diversas técnicas, como a meditação e a visualização, concentração e domínio mental, o equilíbrio dos 4 corpos e chacras, para que o praticante possa alcançar energias de várias formas e manifestações.

 

Outras práticas dentro da magia incluem rituais como o de iniciação, o de consagração dos objetos ritualísticos, a projeção astral, ritos de celebração, manipulação de símbolos entre outros.

Agendamentos e maiores informações: adonai@adonaigaya.com.br  ​